Por que pedir ajuda ao corretor na hora de comprar o seu imóvel?

 

sb10066557m-002

Muitas pessoas não procuram ajuda de um corretor na hora de comprar o imóvel de seus sonhos. Acredita-se que procurar a casa ou apartamento preferido é uma tarefa fácil e que pode ser feita sem nenhuma ajuda. Mas será verdade?

A ajuda de um corretor é muito importante nestas horas. É possível, sim, encontrar uma boa opção e comprar um imóvel por si mesmo, mas a probabilidade de algo dar errado continua sendo bem grande.

Para ser um corretor, é preciso estudar e saber todos os aspectos da gestão imobiliária e ter formação específica emitida pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis, o CRECI. O corretor estará sempre pronto para entender as suas necessidades e apresentar o imóvel que mais se encaixa nos seus planos, além de assessorar tanto o vendedor como o comprador do imóvel em todas as transações.

A  A&S Imóveis tem corretores qualificados para ajudar você.  Ainda não encontrou o imóvel dos seus sonhos? Entre em contato!

 

Anúncios

Casa ou apartamento, qual opção escolher?

 

Na hora de decidir morar em uma casa ou apartamento diversos fatores podem interferir nessa escolha. Para ajudar você, destacamos algumas características de cada moradia, que podem ser interpretadas como boas ou ruins de acordo com a personalidade e estilo de vida de cada pessoa.Veja as principais diferenças entre os dois tipos de imóveis.

Morar em casa:

Em geral, as casas são ideais para famílias. Normalmente, o destaque fica por conta de um pátio maior onde as crianças podem correr e brincar, possibilitando aos pais supervisioná-las mais de perto. Com uma área maior, a organização dos bens pessoais também é facilitada. Veja as principais diferenças dos dois tipos de imóveis:

  • Áreas externas amplas, facilitando a vida de quem gosta de ter animais de estimação de grande porte e muitas plantas, podendo até mesmo ter árvores frutíferas.
  • Maior privacidade.
  • Liberdade para criar suas próprias regras.
  • Possibilidade de modificar o imóvel, fazer uma reforma ou aumentar o número de cômodos.
  • Ter uma piscina exclusiva.
  • Garagem própria.
  • Não tem custos com condomínio.
  • Manutenção mais trabalhosa.
  • Gastos maiores com segurança: alarmes na residência e vigilância no bairro.
  • Nem sempre se conhece tão bem a vizinhança.

Morar em apartamento:

Apartamentos são ótimos para quem procura segurança e praticidade no dia a dia. Em geral, são solteiros ou casais jovens que preferem esse tipo de moradia, por passarem muito tempo fora de casa. Com mais opções disponíveis no mercado, eles também são opção de muitas famílias.

  • Maior segurança.
  • Serviço de portaria facilitando a entrega de produtos e correspondências.
  • Não há preocupação com manutenção em geral, apenas do próprio apartamento.
  • Limpar e conservar a residência é mais fácil devido a área menor.
  • Em condomínios maiores, você pode ter área de lazer ampla, com piscina, academia, salão de festas e playground.
  • Diversas regras de convívio e de condomínio definidas em assembléia pelos condôminos, restringindo bastante os hábitos individuais.
  • Garagem com vagas limitadas, geralmente não podendo ser utilizada por visitantes.
  • Qualquer área considerada comum tem horários e normas que devem ser cumpridas por todos os condôminos.
  • Maior preocupação com barulho.
  • Custo com condomínio.

Independente da sua escolha, o importante é sentir-se bem em seu lar. Além disso, gostos e necessidades mudam o tempo todo, então nunca descarte a possibilidade de mudar para uma nova residência com características completamente diferentes. Muitos casais, por exemplo, acabam saindo de apartamentos ao optarem por aumentar a família. Se você não consegue se decidir entre qual dos tipos é melhor para seu estilo de vida, ainda existe o “meio-termo”, os condomínios horizontais, que aliam a segurança dos prédios com a maior liberdade das casas.

Fontes: Revista Casa e JardimFinanças Práticas e Exame.com

 

 

 

 

 

Feirão Caixa da Casa Própria 2014 em Curitiba.

feirao-caixa-propria

O  Feirão Caixa da Casa Própria 2014 em Curitiba, será realizado nos dias 16,17 e 18 de Maio no Expotrade Convention Center que está localizado na Rodovia Dep. João Leopoldo Jacomel, 10.454 em Pinhais.

A vantagem de procurar por imóveis nos Feirões da Caixa é que os imóveis ofertados já passaram por vistorias e foram aprovados por engenheiros para comercialização. O Feirão da Caixa acontece anualmente, conforme calendário divulgado pela Caixa em diversas cidades do país. A novidade é que agora o Feirão ganhou uma versão na internet, para possibilitar o acesso de todos, principalmente daqueles moradores de cidades que não recebem o evento em sua cidade.

No site oficial do Feirão da Casa Própria Caixa, http://www.feirao.caixa.gov.br, os visitantes têm informações passo a passo para acessar as ofertas de imóveis, dicas e ainda saber o que é necessário para conseguir crédito imobiliário e a documentação exigida para contrato. Quem se interessa por algum imóvel disponibilizado no site, pode pesquisar o agente imobiliário mais próximo da sua residência para atendimento no processo de aquisição do imóvel.

Horário:

Dia 16 de maio (sexta): das 10 às 21h;

Dia 17 de maio (sábado): das 10 às 21h;

Dia 18 de maio (domingo): das 10 às 18h.

 

A  A&S IMÓVEIS em parceria com Atani Participações Ltda aguardam sua visita no Feirão Caixa da Casa Própria.

(O estande de vendas está localizado no setor de construtoras e identificado como ATANI PARTICIPAÇÕES LTDA).

Feliz Dia das Mães!!!

images (4)

MÃE

Não importa se você está em casa ou viajando,
Triste ou sorrindo,
Perto dos filhos ou morrendo de saudades,
Cansada do trabalho ou disposta em um dia lindo,
O seu amor incondicional é que a torna ÚNICA.

 

Uma homenagem da  A&S Imóveis à todas as mães que são únicas como você!

Papel de parede. Ele voltou a reinar na decoração!

 

httpwww.joli_.com_.br-papel-parede

Ele voltou, agora para ficar! O papel de parede, que reinou absoluto na década de 60 revestindo casas, apartamentos e escritórios , retoma  seu  trono na decoração. E foi um retorno triunfal, com muita pompa e circunstância. Novas  texturas, estampas  e uma cartela de cores  riquíssima, fazem hoje deste elemento decorativo  um Rei Midas, capaz de transformar um ambiente  com um toque mágico. Além da praticidade, ele restaura uma parede num piscar de olhos, sem tinta e sem  reparos, o papel traz beleza para qualquer layout. Qual o seu estilo de decoração? Romantismo na suíte do casal, sofisticação no lavabo, despojamento no living, requinte na sala de jantar…Cada espaço tem seu papel!

O reinado do papel de parede vem de longa data. Você sabia que o  primeiro registro histórico sobre  a sua  utilização  como elemento decorativo foi na China, aproximadamente duzentos anos antes de Cristo, com desenhos feitos à mão por artesãos? Os primeiros papéis foram produzidos com palha de arroz e depois , com pergaminho vegetal. Eram verdadeiras obras de arte, encontradas somente nos palacetes da época.  No Brasil, ele surgiu  final do século XIX . Não é à toa que o papel de parede foi coroado novamente e não sai mais da nossa casa, agora com visual moderno.

Mais idéias para o papel de parede: 

1. A colocação  é uma das muitas vantagens do papel de parede, é simples e fácil. Se não quiser arriscar sozinho, convoque a família para esta tarefa.  

2. O pale de parede substitui a pintura com temas modernos na parede do quarto dos adolescentes. Um desejo típico da idade é expressar-se  através de  imagens, símbolos ou ídolos  e o papel é perfeito para esta função!

3. O estilo, a padronagem e a cor que você imaginar. São tantas as opções…  Qual cômodo da sua  casa  está pedindo um novo visual? Busque o papel de parede que mais combina com o ambiente a ser repaginado. A parte mais difícil é escolher. 

4.  Das passarelas da  moda para a decoração. A presença do universo fashion dentro de casa é marcada pelos elementos decorativos, o papel de parede é um deles. Estilistas renomados assinam coleções de papéis ultra sofisticados. Que tal coroar um  ambiente especial com um Ralph Lauren, por exemplo? 

5. Os papéis de parede são tão versáteis, que podem descer do trono, ou melhor, das paredes sem perder a majestade. Uma idéia é revestir  os armários, por dentro e por fora. Ou usá-los como fundo para estantes e nichos.

 

6. O que acha fazer uma cabeceira para a cama box?  As sobras do papel de parede podem exercer essa  função, combinando com a roupa de cama ou com a decoração do quarto. Há outras maneiras de reaproveitar os papéis. 

 7. O  tradicional azulejo português, que ganhou fama nas estampa das  roupas femininas, aparece em  uma nova versão do papel de parede. Assinado pelo estilista francês, Christian Lacroix, ele é sinônimo de  elegância. Que tal dar uma sofisticada na cozinha?

8. Aposte no papel de parede para  uma decoração temática.Não há o que temer, como a aplicação é algo simples de fazer, se enjoar é só trocar.

Feliz Páscoa!!!

 

Feliz Pascoa (11)

A Páscoa é um momento de reflexão, esperança e renovação. Um dia de paz e harmonia para ser vivido em família e festejado com muita alegria.

A A&S Imóveis deseja aos clientes, parceiros e seus familiares uma Páscoa repleta de felicidade!!!!!!!!!!

Cinco dicas para decorar apartamentos pequenos e kitinetes.

Arranjar espaço para todos os móveis que necessitamos no dia a dia, de forma confortável e prática, é um grande desafio em ambientes pequenos.

Entretanto, a arquitetura, o design e, claro, um pouco de criatividade por parte dos donos provam que é possível criar ambientes incríveis em espaços limitados. Se você quer comprar um apartamento pequeno, mas tem receio de que a decoração não ficará boa, confira 5 truques excelentes para ampliar o espaço e deixar sua casa moderna e aconchegante:

 

1 – Aposte nos espelhos

Todos nós precisamos de, pelo menos, um espelho em casa, não é mesmo? Se você mora em um apartamento pequeno, invista no maior espelho possível, de preferência que vá do chão até o teto. O espelho dá uma sensação de amplitude nos espaços além de ajudar a refletir a luz e clarear o ambiente.

 

2 – Escolha cores claras

Assim como os espelhos, as cores claras conferem amplitude aos ambientes. Você pode escolher uma cor mais forte para aplicar em outros detalhes da decoração, como na cortina, na cabeceira da cama, em quadros ou outros objetos decorativos. Mas, em geral, paredes brancas ou muito claras trazem uma sensação de espaço maior. Aposte nelas!

 

3 – Não economize na iluminação

A luz também causa uma sensação de amplitude. Portanto, quanto maior a luminosidade (natural ou artificial), maior a sensação de espaço. Por isso, não preencha demais as paredes com fotos ou quadros escuros. Opte pela luz branca fluorescente, que destacará as paredes claras e ampliará o ambiente. Se você tiver janelas grandes, não as cubra com cortinas escuras: opte por tecidos claros e leves ou deixe a janela livre para o sol entrar. Pequenos lustres e velas também fazem toda a diferença!

 

4 – Escolha móveis com dupla função

Ter móveis demais é o pior pecado cometido por um morador de um espaço pequeno. Para ampliar o ambiente, aposte nos móveis com dupla função. Sofá-cama, mesa embutida, aparador que serve de escrivaninha e outros móveis que possam ser utilizados em mais de uma ocasião economizam espaço e, consequentemente, ampliam o ambiente.

 

5 – Móveis suspensos podem ser uma ótima alternativa

Apesar de exigirem mais planejamento e dinheiro, os móveis suspensos são, sem dúvidas, uma ótima alternativa para duplicar o ambiente de um apartamento. Um espaço que seria inutilizado por uma cama, por exemplo, pode ser usado como sala de jantar já que a cama que está suspensa ainda ilumina a mesa, como é o caso da imagem abaixo. Outro exemplo comum é a utilização do espaço abaixo da cama para roupeiro.

Os móveis suspensos dão um tom moderno aos ambientes e otimizam muito os espaços.

Fonte: www.livinginashoebox.com

As vantagens do investimento imobiliário

casa17 (1)

O investimento em imóveis sempre foi considerado uma forma segura de preservar um patrimônio.Um imóvel bem escolhido mantém o seu valor de mercado e muitas vezes valoriza-se mais do que a rentabilidade de outros tipos de investimentos mais conservadores,como caderneta de poupança ou um fundo de investimento.Além disso, os investimentos em imóveis sempre foram considerados investimentos de baixo risco. Com um cenário altamente favorecido pelo ambiente macroeconômico positivo, o investimento imobiliário apresenta grandes vantagens por sua solidez, segurança e, principalmente, pelo potencial de crescimento futuro do mercado imobiliário. Quanto mais um país cresce, mais valorizados ficam os seus imóveis: o crescimento econômico de qualquer nação envolve necessariamente o avanço do mercado imobiliário e da construção civil. Com o Brasil não vem sendo diferente. Desde 2005, há um avanço constante do aumento do investimento nacional e estrangeiro no setor imobiliário brasileiro, transformando o imóvel em uma ótima opção de investimento.

Segurança
Investir em imóveis é seguro. Um imóvel é um patrimônio físico. Em outras palavras, é um bem tangível: podemos tocá-lo, podemos vê-lo. O imóvel não pode ser congelado como a caderneta de poupança. Também não tem o seu valor reduzido à pó, como os contratos de opções que possuem prazo de validade, ou como as ações, cujas empresas podem ir à falência. Dentre todos os tipos de investimento, sem sombra de dúvida, o investimento imobiliário é o que possui, historicamente, maior estabilidade.
Rentabilidade
Investir em imóveis é obter uma fonte de renda em potencial. Um imóvel bem escolhido é uma fonte de renda vitalícia. Além da possibilidade de revenda do imóvel a um preço superior ao valor pago para adquirí-lo, há a possibilidade de remuneração mensal através de seu aluguel.
Todos precisamos de um lugar para morar. Todos precisamos de um lugar para trabalhar. Mesmo aquelas pessoas que não tem condições de comprar a casa própria, ou aquelas empresas que não são proprietárias de seu ambiente de trabalho, sempre estarão à procura de um bom imóvel para alugar.
Volatilidade
Um imóvel bem escolhido mantém o seu valor de mercado e muitas vezes valoriza-se mais do que a rentabilidade de outros tipos de investimentos mais conservadores.
Diversificação
O investimento em imóveis representa uma oportunidade de diversificação para o investidor, pois a rentabilidade está relacionada ao mercado imobiliário.

Fonte: ADVFN

 

Como declarar venda e doação de imóveis no imposto de renda.

 

Vendeu ou doou um imóvel em 2013? Veja como informar essa operação à Receita Federal

A posse de imóveis e as transações feitas com eles (compra, venda e doação) devem ser informadas na declaração de imposto de renda.

Veja a seguir as normas para informar a venda e a doação de um imóvel no Imposto de Renda 2014:

Imóvel de mais 300 mil reais obriga contribuinte a entregar declaração

Quem se enquadra em alguma regra para declarar imposto de renda em 2014 precisa declarar a posse de todos os seus imóveis.

Contudo, quem possui imóveis com custo de aquisição superior a 300 mil reais se torna obrigado a declarar imposto de renda, ainda que não se enquadre em outra regra de obrigatoriedade.

Quem obteve ganho de capital com a venda de um imóvel é obrigado a declarar

Quem vendeu um imóvel de qualquer valor com lucro (ganho de capital) em 2013 fica obrigado a entregar a declaração de IR em 2014, ainda que a operação tenha sido isenta de imposto de renda.

Veja quando a venda de um imóvel pode ser isenta de IR.

Como declarar imóvel vendido em 2013

É recomendável que todos os contribuintes que tenham vendido um imóvel em 2013 preencham o Programa Ganhos de Capital (GCAP) da Receita no ato da venda do imóvel, ainda que a operação se enquadre em uma das regras de isenção de imposto de renda ou tenha dado prejuízo.

“Pelo menos fica oficializado junto ao Fisco”, diz Jaime Rodrigues, sócio da Trevisan Gestão & Consultoria (TG&C).

Assim, na hora de preencher a Declaração de Ajuste Anual 2014, basta importar as informações do GCAP para o Programa Gerador da Declaração.

Quando isso é feito, a operação de venda é automaticamente informada na aba “Ganhos de Capital”, no Programa Gerador da Declaração.

Também é preenchida automaticamente a ficha de rendimentos com o ganho de capital (lucro) da transação, isto é, a diferença entre o preço de venda e o custo de aquisição do bem.

Caso a operação tenha sido isenta de imposto de renda, o valor entra na ficha de Rendimentos Isentos e Não Tributáveis; caso tenha sido tributada, os valores entrarão na ficha Rendimentos Tributados Exclusivamente na Fonte.

Cabe ao contribuinte dar a baixa do bem na ficha de Bens e Direitos. Na linha referente ao imóvel, a coluna “Situação em 31/12/2012” deve ser preenchida com o custo de aquisição do bem, já informado na declaração passada, e a coluna “Situação em 31/12/2013” deve ficar em branco.

No campo “Discriminação” deve ser informada a venda, com o nome e CPF ou CNPJ do comprador e o preço pelo qual o imóvel foi vendido.

Fonte: Exame

Decorando a casa para a Páscoa.

 

Feliz Pascoa (11)

A Páscoa está se aproximando e já serve de pretexto para inovar o visual da casa. Há muitas idéias que podem ser colocadas em prática para deixar o lar com o espírito da data comemorativa, principalmente no que diz respeito à confecção de enfeites temáticos.

A busca por renovação é um dos principais objetivos da páscoa, por isso as pessoas trocam presentes e organizam confraternizações. Como acontece em outras datas, a casa também pode celebrar a chegada da Páscoa com uma decoração especial. Sendo assim, vamos tentar ajudar com algumas dicas.

Como elementos essenciais para usar nas decorações de Páscoa, temos os coelhos, ovos de Páscoa e as flores de muitas cores. Faça centros de mesa, árvores de ovos coloridos, coroas de Páscoa. Vamos falar um pouco sobre cada um destes itens para compor sua decoração de Páscoa:

Coroas de Páscoa

 

Decoração Pascoa 03

 

Quando se procura uma decoração de Páscoa mais elaborada, podemos optar por fazer uma bonita coroa de flores para a porta ou para colocar na lareira. Para fazer uma coroa, pode utilizar ramos ou galhos de árvore, flores frescas ou secas, e alguns ovos coloridos. Enrole os ramos de forma circular, com a ajuda de fitas e linha, espalhe as flores pela coroa e enfeite com os ovos.

Decoração Pascoa 06

 

Ovos de Páscoa coloridos

 

Decoração Pascoa 07

 

Para criar os famosos ovos ocos coloridos, faça um pequeno buraco no ovo, num dos lados e no outro um buraquinho um pouco maior. Sopre através do ovo e deixe a gema e a clara sair pelo buraco maior. Para colorir o ovo, use corantes alimentares, ou tinta. Use carimbos para obter algumas formas, como coelhos e folhas.

 

Árvore de Páscoa

 

Decoração Pascoa 01

 

Outra boa idéia para enfeitar a casa com decorações de Páscoa é uma árvore de ovos de Páscoa. Escolha um ramo que se pareça com uma árvore em miniatura e segure-a numa plataforma, por exemplo, um vaso. Pode pintar o ramo com um spray branco. Decore depois com ovos de várias cores, pendurando-os com fitas coloridas. Os ovos podem ser pintados ou de outros materiais, como tecido ou croche.

Decoração Pascoa 08

 

Flores e arranjos de Páscoa

 

Decoração Pascoa 05

 

As flores são as rainhas nas decorações de Páscoa. Use e abuse de flores! Elas trazem ar fresco e vida à casa. Coloque-as em cestos ou vasos, por toda a casa. Faça arranjos de Páscoa bonitos, usando não só flores, mas também adereços de páscoa como os ovos e os coelhos.

Nesta Páscoa, transforme a sua casa num jardim, com coelhinhos fofos e ovos coloridos.

Decoração Pascoa 04

 

Fonte:
www.decoracaointeriores.org